Home   >  Mídia   >  Como surgiu a cerveja artesanal no Brasil?

Como surgiu a cerveja artesanal no Brasil?

O processo da colonização brasileira tem tudo a ver com como a cerveja passou a ser a bebida mais apreciada no país. Para entendermos como a cerveja artesanal começou a ser produzida, temos de resgatar a história do Brasil.

Os portugueses chegaram por aqui em 1500 e, então, comandaram as atividades econômicas por um longo período, de acordo com os próprios interesses. Até o século XIX, a bebida mais consumida nas terras brasileiras era o vinho, embora a cerveja já dominasse os gostos em muitos lugares da Europa.

Foi em 1800, com a abertura dos portos, que a cerveja ingressou no Brasil. Como a Inglaterra foi bastante beneficiada pelo processo, a bebida britânica foi difundida por alguns anos.

Com a vinda dos imigrantes alemães, a partir de 1830, a história mudou. As pequenas produções alemãs foram ganhando espaço e sendo popularizadas.

Foi nesse momento que o Brasil conheceu a cerveja artesanal. Os imigrantes criavam as próprias cerveja, uma atividade que era considerada da culinária e voltada para o consumo familiar.

A venda em comércios locais começou a existir alguns anos depois, com a mão de obra escrava. No fim do século XIX, a bebida passou a ser produzida em escalas maiores. Após 1900, a cerveja se tornou comercial e a artesanal perdeu forças.

Quase nos anos 2000, as pequenas produções foram retomadas, relembrando os sabores únicos. Isso porque, ao longo do século XX, as comerciais tiveram de entrar numa onda de barateio para serem, cada vez mais, vendidas.

Hoje, continuamos assistindo ao fomento para a fabricação e o consumo da cerveja artesanal. No país, surgem inúmeras cervejarias, que aperfeiçoam estilos e criam as próprias personalidades, garantindo a qualidade de cada produto.